Curso Legislação Educacional

Carga Horária: 50h ( 34 presenciais e 16 EAD)

Dia e horário: Sábados - 9h20 às 11h50

EMENTA: Este componente curricular aborda os princípios, finalidades e objetivos do processo educativo estabelecidos na legislação educacional vigente. Aborda os desafios presentes na educação escolar, enfatizando a necessidade da consciência política dos docentes e profissionais da educação, refletindo direitos e deveres presentes na legislação.

Curso FIC - Legislação Educacional

Carga horária: 50h (34h presenciais e 16h h em EAD)

•Atividades presenciais (14 encontros) - Dia da semana: sexta - Horário: das 14h30 às 15h00

Data de início: 11 de agosto

•Atividades em EAD - Ambiente virtual moodle - 8 Tópicos

EMENTA: Este componente curricular aborda os princípios, finalidades e objetivos do processo educativo estabelecidos na legislação educacional vigente. Aborda os desafios presentes na educação escolar, enfatizando a necessidade da consciência política dos docentes e profissionais da educação, refletindo direitos e deveres presentes na legislação.

proposta de curso se baseia na importância do conhecimento sobre inovação, segundo o Plano Brasil Maior, de modo a criar possibilidades de acesso aos fomentos, em parceria governo-universidade-empresa, e efetiva melhoria nos setores econômicos da cidade e região; indução de desenvolvimento endógeno e enraizamento e fortalecimento do Instituto Federal na localidade, por meio do tripé ensino-pesquisa e extensão: - Perspectiva de melhoria da competitividade do Arranjo Produtivo Local de Birigui e setores produtivos da cidade e da região: compreensão da inovação tecnológica, enquanto ferramenta de gestão, no enfrentamento da competitividade global. - Possibilidades de Desenvolvimento Local - Na concepção do desenvolvimento endógeno, as interações realizadas pelas empresas (em APL´s) dinamizam as economias locais e regionais, potencializando o desenvolvimento sócio econômico, pois envolvem empresas, agentes locais, organismos de pesquisa, educação e treinamento. - Fortalecimento institucional pelo tripé ensino-pesquisa-extensão: o curso em questão faz parte de um conjunto de ações de fortalecimento do IFSP junto à comunidade interna e externa e gera possibilidades de parcerias no desenvolvimento de pesquisa de pesquisa aplicada e a extensão tecnológica, novas demandas de conhecimento, de relações efetivas junto à comunidade externa e possibilita uma formação profissional mais adequada pela interação escola-empresa por meio de iniciação científica, participação em projetos de pesquisa, trabalhos de conclusão de cursos, bem como estágios e visitas técnicas, potencializando o ensino-aprendizagem; motivando a permanência tanto do professorado, com perfil de pesquisa, quanto do alunado.

Teste Teste Teste Teste

A proposta de curso se baseia na importância do conhecimento sobre inovação, segundo o Plano Brasil Maior, de modo a criar possibilidades de acesso aos fomentos, em parceria governo-universidade-empresa, e efetiva melhoria nos setores econômicos da cidade e região; indução de desenvolvimento endógeno e enraizamento e fortalecimento do Instituto Federal na localidade, por meio do tripé ensino-pesquisa e extensão: - Perspectiva de melhoria da competitividade do Arranjo Produtivo Local de Birigui e setores produtivos da cidade e da região: compreensão da inovação tecnológica, enquanto ferramenta de gestão, no enfrentamento da competitividade global. - Possibilidades de Desenvolvimento Local - Na concepção do desenvolvimento endógeno, as interações realizadas pelas empresas (em APL´s) dinamizam as economias locais e regionais, potencializando o desenvolvimento sócio econômico, pois envolvem empresas, agentes locais, organismos de pesquisa, educação e treinamento. - Fortalecimento institucional pelo tripé ensino-pesquisa-extensão: o curso em questão faz parte de um conjunto de ações de fortalecimento do IFSP junto à comunidade interna e externa e gera possibilidades de parcerias no desenvolvimento de pesquisa de pesquisa aplicada e a extensão tecnológica, novas demandas de conhecimento, de relações efetivas junto à comunidade externa e possibilita uma formação profissional mais adequada pela interação escola-empresa por meio de iniciação científica, participação em projetos de pesquisa, trabalhos de conclusão de cursos, bem como estágios e visitas técnicas, potencializando o ensino-aprendizagem; motivando a permanência tanto do professorado, com perfil de pesquisa, quanto do alunado.